Reconhecimento profissional e produtividade: entenda a relação

O sucesso de uma empresa passa pela relação entre reconhecimento profissional e produtividade dos colaboradores. Afinal, como um negócio pode atingir bons números se tem uma equipe desmotivada e sem ambições? Por isso, é importante saber como engajá-la e conduzi-la para um trabalho mais adequado e organizado!

Ao contrário do que alguns imaginam, oferecer uma recompensa financeira nem sempre é a melhor opção. Afinal, muitos também buscam pelo reconhecimento de seus gestores e desejam se sentir importantes ao longo do processo de crescimento da empresa. Desse modo, cabe aos líderes fazerem esse papel motivacional, alinhar os processos de acordo com a individualidade e pensar em formas justas de recompensar todos.

Confira, a seguir, de que forma o reconhecimento profissional está diretamente ligado à produtividade e como isso impacta no crescimento da sua empresa!

Por que o reconhecimento profissional é tão importante?
A neurociência vem se dedicando para encontrar pontos que mostram como a motivação afeta diretamente um profissional. Uma das pesquisas feitas com funcionários americanos, apontou que 40% dos colaboradores dedicariam mais energia no seu trabalho se tivessem um reconhecimento maior por parte de seus chefes.

Um experimento guiado pelo economista Paul J. Zak e alguns neurocientistas comparou os servidores de uma empresa com índice de confiança baixo com os de outra companhia com índices mais altos e concluiu que eles são 50% menos produtivos, além de serem menos engajados, terem um nível de estresse 74% maior e serem afastados por doenças com mais frequência. O estudo completo pode ser visto no livro “Trust Factor: The Science of Creating High Performance Companies”, porém ainda não conta com uma versão traduzida.

Qual a relação existente entre o reconhecimento profissional e a produtividade dos colaboradores?
Existem estudos que mostram a importância do elogio no nosso psicológico, assim como especialistas que afirmam que, ao reconhecer o esforço de alguém, o elogiado libera a dopamina no cérebro. Essa substância é conhecida como “hormônio do prazer” e tem impacto direto no humor, atenção e memória, deixando a pessoa mais produtiva, criativa e capaz de resolver problemas.

O feedback é uma das formas mais importantes de engajar os colaboradores de uma empresa. E por mais que seja comum passar esse retorno apenas em casos negativos, apontar os lados positivos é muito importante para reconhecer o trabalho de um profissional e motivá-lo ainda mais.

Manter essa prática com os funcionários pode ajudá-los a: enxergar seus erros, melhorar alguma técnica, perceber o sucesso de uma ação e até mesmo apontar como o estado emocional e comportamental dele gera resultados bons para uma equipe. Afinal, nem todos têm maturidade ou autocrítica para entender e buscar soluções de forma proativa.

Como o reconhecimento profissional pode ser desenvolvido para aumentar a produtividade?
Como já vimos, o prazer causado por um reconhecimento impacta diretamente na maneira como reagimos e nos comportamos no trabalho. Afinal, todos gostam de saber que contribuíram positivamente para o crescimento da empresa e passam a almejar promoções, além de se identificarem mais com a companhia.

Ter um ambiente de trabalho mais harmonioso é importante para que qualquer um tenha liberdade e se sinta à vontade para conversar com os que ocupam cargos de gestão. Por isso, busque sempre incentivar uma mentalidade de crescimento, proporcionando novas experiências e hábitos e oferecendo feedbacks positivos com frequência.

Como posso fazer para reconhecer os meus colaboradores?
Já sabemos quais ações devemos tomar, mas é preciso colocá-las em prática com atitudes e projetos voltados para o colaborador. Por isso separamos algumas dicas que vão detalhar como o reconhecimento pode ser transmitido!

Acompanhe o trabalho de perto
O gestor não deve aparecer apenas na hora de validar os resultados e fazer as cobranças. Isso gera conclusões precipitadas, que podem maquiar todo o esforço e dedicação do funcionário. Por isso acompanhe os processos com frequência e reúna com todos eles separadamente. Não se esqueça, tudo que é demais atrapalha. Então, encontre um equilíbrio para não sufocar seus colaboradores.

Comunique-se com seus colaboradores
O progresso dos seus funcionários não é interessante apenas para ele, mas também vale muito para a sua empresa. Por isso, sempre que perceber alguma reação incomum ou sentir que uma situação gerou mau entendidos, chame-o para uma conversa e tente entender o que está desmotivando ou trazendo problemas para ele. Ao encontrar a melhor solução juntos, todos tendem a crescer e melhorar as entregas.

Implemente programas de incentivo
A fim de ter a certeza que está estimulando seus funcionários, crie programas de incentivo para fazê-los alcançarem os resultados mais surpreendentes, por exemplo. Pode ser proporcione uma viagem, dias de folga, bônus no salário, por exemplo. Ou seja, ofereça uma retribuição que possa elevar a produtividade e, principalmente, retenha os talentos da sua empresa.

Elogie seus colaboradores
Elogie sempre as pessoas que trabalham com você. Pode ser por um bom desempenho, proatividade, criatividade ou devido ao atingimento das metas. Porém, não demore muito para reconhecer o esforço e, se possível, faça no mesmo dia em que for notado. Mostre para todos que você está acompanhando o progresso alheio e, ao mesmo tempo, prezando pela liberdade criativa do time.

Como medir a produtividade dos colaboradores com base no reconhecimento oferecido?
A produtividade pode ser medida por meio de três aspectos — que vão ajudar o gestor a identificar os pontos que precisam ser melhorados e perceber se algo está prejudicando a atuação dos colaboradores. São eles:

  • Avaliação de desempenho: é usado pelo RH para encontrar os pontos positivos e negativos da atuação do colaborador;

  • Avaliação de expectativa: identifica se o que era esperado foi realmente entregue pelo time;

  • Reconhecimento: valoriza os resultados obtidos e aumenta o engajamento da equipe.

Defina quais serão os critérios e os métodos usados para fazer as avaliações. Algumas vertentes que podem ser observadas são: o tempo para a entrega de resultados, comportamento no ambiente de trabalho e habilidades técnicas, por exemplo. Mas tenha em mente que quanto mais dados forem analisados, mais completa será a avaliação da produtividade.

Quais iniciativas desse âmbito já existem nas empresas brasileiras?
Atualmente, existem várias formas de reconhecer o trabalho de um colaborador. Pode ser com um bônus no salário, viagens, folgas, participação nos lucros, dentre outros. Porém, uma das soluções que vêm ganhando espaço são os cartões de incentivo — que dão liberdade para o favorecido escolher como e onde quer gastar o dinheiro recebido.

Como vimos, reconhecer o trabalho dos colaboradores tem grande influência na produtividade deles. Além dos benefícios, é preciso acompanhar e dar espaço para que todos possam se sentir importantes dentro da empresa. Por isso, separar um tempo para reuniões individuais, dar feedbacks construtivos e desenvolver programas de incentivo para todos os colaboradores são ações que têm um grande impacto no crescimento do seu negócio.

Qual é o papel do RH no aumento da produtividade na empresa?

Toda empresa busca ter colaboradores de alta performance, que produzem muito e geram resultados satisfatórios para a organização. Mas os níveis de produtividade na empresa, nem sempre estão elevados como os diretores e gestores desejam.

Muitos podem não saber, mas o RH tem um papel fundamental para reverter essa situação. Ele é um setor que pode colocar ações em prática que irão fazer toda a diferença na produtividade dos colaboradores. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura!

Como o RH aumenta a produtividade na empresa?
Por lidar com gestão de pessoas, o setor de Recursos Humanos é muito importante no engajamento e motivação dos colaboradores em relação ao trabalho. É ele quem pensa nas principais ações e estratégias para conseguir que os profissionais se desenvolvam e apresentem uma alta performance em suas atividades.

Vamos te mostrar agora o que você, como um profissional de RH, pode fazer para aumentar a produtividade na empresa. Confira!

Detecte as falhas
O profissional de RH possui recursos para conseguir entender o que está acontecendo para que o colaborador tenha diminuído sua taxa de produtividade. Com avaliações de desempenho, conversa com os gestores e feedback com o próprio profissional, o setor de recursos humanos pode entender o que tem causado a baixa produtividade.

Pode ser, por exemplo, que o colaborador esteja no cargo errado, talvez ele precise de um treinamento específico para conseguir melhorar sua performance no trabalho, entre outras coisas.

Por isso, é importante que o RH esteja sempre atento aos profissionais e mantenha uma relação próxima de cada um deles, pois os conhecendo melhor é mais fácil de entender o que ele tem passado.

Invista em clima organizacional
Um dos motivos para a baixa produtividade pode ser um ambiente de trabalho ruim. Com isso, os colaboradores se sentem desmotivados com a empresa e sua atividade e, assim, não conseguem realizar bem seu trabalho.

Por isso, invista na criação de um bom clima organizacional, aplique pesquisas para saber a opinião de todos e conseguir entender o que vem acontecendo na empresa. Faça festas, happy hours, dinâmicas ou qualquer outra ação que mantenha os colaboradores próximos e com uma boa convivência.

Estimule pausas
Muitas vezes, as baixas taxas de produtividade podem estar ligadas a trabalho excessivo. Nenhum ser humano consegue trabalhar bem por muitas horas seguidas, chega num certo ponto que a pessoa começa a não conseguir realizar suas atividades da melhor forma.

Por isso, é muito importante estimular horários de almoço e lanches, fazendo que o profissional saia da sua mesa ou do local em que trabalha e vá para outro. Saindo do ambiente, ele conseguirá ter mais energia para voltar ao que estava fazendo. Você pode fazer isso criando ambientes para alimentação, jogos, leitura e descanso em geral.

Horário de trabalho flexível
Oferecer um horário de trabalho flexível também pode ajuda a aumentar a produtividade. Muitos colaboradores às vezes preferem começar a sua rotina mais tarde, outros tem um desempenho melhor nas primeira horas do dia.

Quando a empresa fornece essa flexibilidade de horário as chances dos colaboradores apresentarem uma melhor performance é maior, pois estão de certa forma livres para trabalharem no horário que se sentirem mais confortáveis, evitando desgastes.

Ofereça treinamentos
Muitos profissionais despencam na produtividade por não entenderem algum processo ou por não conseguirem usar determinada ferramenta. Por isso, é importante que o RH identifique as necessidades de treinamentos das equipes. Tendo total controle dos processos e dispositivos que precisa, os colaboradores irão aumentar a sua performance.

Para identificar essas necessidades você pode conversar com os gestores, inserir uma pergunta relacionada a treinamento na pesquisa de clima ou ter um momento de feedback com os colaboradores, os deixando à vontade para solicitarem o treinamento.

Valorize os profissionais
Um colaborador valorizado tende a se sentir cada vez mais engajado e motivado com o seu trabalho e com a empresa. Ele irá procurar se desenvolver para dar o seu melhor na vida profissional e isso gera produtividade.

Por isso, é muito importante valorizar os colaboradores, fazendo com que eles percebam que são remunerados por todo seu esforço. A gratificação não precisa ser só em forma de dinheiro, pode ser uma folga, um presente, um treinamento entre outras coisas.

Quando o RH participa efetivamente da criação de ações para o aumento da produtividade na empresa, o setor mostra que tem um papel não só operacional, mas também estratégico dentro da organização, conseguindo assim ser mais valorizado! Por isso, não deixe de colocar as dicas em prática e fazer com que seu setor melhore os resultados.