A importância de um bom currículo

Um currículo bem estruturado é uma potencial ferramenta para chamar a atenção de um recrutador. Ele é a porta de entrada para entrevistas e possíveis empregos e deve ser bem estruturado para garantir que seu alvo – no caso, recrutadores -, sejam atingidos.

Um currículo bem feito é aquele que é completo, mas ao mesmo tempo objetivo. Ele deve carregar um conteúdo de qualidade, exaltando, primeiramente, as competências profissionais desenvolvidas, informações que mais interessam aos contratantes.

Um currículo certeiro é aquele que carrega atributos de acordo com a vaga disponível. Se a área de atuação do candidato é comunicação, o documento deve conter informações que mostrem que ele entende do setor.

Outro fator importante: o currículo deve trazer detalhes de sua vida profissional. Preenchê-lo com o nome da empresa e o cargo desempenhado não é o suficiente. Descreva as funções exercidas, suas responsabilidades e, principalmente, informações verídicas. Não adianta acrescentar que é fluente num idioma. A empresa pode chamar você a um processo seletivo e testar seu conhecimento na língua indicada. Tome cuidado!

Um bom currículo deve possuir uma estrutura simples, mas eficaz. Eles podem ser classificados por cinco itens:

  • Introdução

  • Objetivo

  • Qualidades

  • Experiência

  • Formação

Abaixo, vamos listar seis dicas fundamentais que vai te ajudar na elaboração de um currículo eficiente. Vamos conferir:

1# Número de páginas

Um bom currículo é breve e sucinto. Dê o máximo de detalhes possíveis, mais não ultrapasse de 2 páginas. Currículos longos são chatos e os selecionadores não tem tempo hábil para longas leituras.

2# Texto

Muita atenção ao texto do seu currículo, faça uma revisão para que não escape nenhum erro de ortografia ou digitação. Além disso, opte pelo uso de linguagem simples, sem uso de discursos em primeira pessoa.

3# Fotos

Não anexe foto ao currículo, elas só devem ser enviadas quando solicitadas e, neste caso, vale a pena optar pelas imagens 3×4.

4# Salários

Mencionar seus pagamentos anteriores não é uma boa ideia. Em alguns processos seletivos eles são fator fundamental de eliminação de candidatos. Deixe para tratar de valores pessoalmente, caso o recrutador toque no assunto.

5# Formato

Opte pelo uso de folhas brancas e letras básicas – Arial e Times são as mais famosas – na cor preta. Os formatos de documentos mais indicados para um bom currículo são Word e PDF.

6# Carta de Apresentação

Não é um item fundamental, mas pode ser inserida desde que seja curta e objetiva. Ela é uma boa ferramenta para envio de currículo por e-mail.