Entenda a importância dos estagiários para as empresas

Um estudo da Associação Brasileira de Estágios (ABRES) apurou que, em 2016, os estagiários compunham uma expressiva parcela da força de trabalho brasileira, com 1 milhão de estudantes prestando serviços em áreas como Administração, Comunicação Social e Engenharia. 

Sendo assim, é fundamental entender o quanto esses profissionais são importantes e em que eles podem somar às equipes depois de contratados. 

1. Eles trazem novos ares à empresa
O primeiro impacto positivo que um estagiário pode gerar após ser contratado é a própria novidade que ele representa. Como são jovens na maioria das vezes, eles chegam com ideias renovadas, novos métodos de trabalho e, muito importante, estão mais antenados nas inovações tecnológicas. 

2. Estagiários custam menos
Embora estejam previstos na Lei do Estágio alguns direitos trabalhistas iguais aos dos contratados por CLT, como registro em CTPS e recesso de 15 dias a cada 6 meses trabalhados, é fato que estagiários representam custos menores.

3. Estão sempre em busca de crescimento
Até pela natureza provisória do estágio, todo profissional em formação contratado nesse regime é naturalmente impelido a buscar o aperfeiçoamento e o crescimento profissional. Eles sabem que, se não aproveitarem ao máximo o período de estágio, podem reduzir as chances de serem contratados depois que terminarem a graduação ou o curso técnico.

Outro aspecto que deve ser considerado é que o valor que recebem a título de bolsa-auxílio é uma fonte de renda que eles esperam preservar e incrementar depois de uma possível efetivação.

4. É possível ter mais segurança ao contratar
Dificilmente a contratação de um estagiário representa um risco — pelo menos não em termos de adequação à vaga e suas exigências formais. Isso acontece porque o contrato só pode ser assinado mediante a apresentação de documentos que comprovem sua matrícula em uma instituição de ensino.

A exigência por acompanhamento supervisionado também obriga a empresa a aferir de perto o rendimento do profissional-aprendiz, o que é sempre uma garantia de que os resultados obtidos estão sendo satisfatórios.

5. Podem dar continuidade à cultura da empresa
Para as empresas, a preservação da sua cultura e dos seus valores é essencial para garantir a continuidade. Empresas sem identidade tendem a desaparecer, afinal, não há como fidelizar clientes ou perpetuar a imagem sem uma marca representativa.

Cabe aos novos colaboradores ser a mão que segura o “bastão” passado pelos mais experientes, e ninguém melhor para receber esse legado do que os profissionais em formação. Dessa forma, a continuidade que eles simbolizam é uma das vantagens de contratar estagiários, até pelo valor imaterial que representam.

Qual é o papel do RH no aumento da produtividade na empresa?

Toda empresa busca ter colaboradores de alta performance, que produzem muito e geram resultados satisfatórios para a organização. Mas os níveis de produtividade na empresa, nem sempre estão elevados como os diretores e gestores desejam. 

Muitos podem não saber, mas o RH tem um papel fundamental para reverter essa situação. Ele é um setor que pode colocar ações em prática que irão fazer toda a diferença na produtividade dos colaboradores. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura! 

Como o RH aumenta a produtividade na empresa?
Por lidar com gestão de pessoas, o setor de Recursos Humanos é muito importante no engajamento e motivação dos colaboradores em relação ao trabalho. É ele quem pensa nas principais ações e estratégias para conseguir que os profissionais se desenvolvam e apresentem uma alta performance em suas atividades.

Vamos te mostrar agora o que você, como um profissional de RH, pode fazer para aumentar a produtividade na empresa. Confira! 

Detecte as falhas
O profissional de RH possui recursos para conseguir entender o que está acontecendo para que o colaborador tenha diminuído sua taxa de produtividade. Com avaliações de desempenho, conversa com os gestores e feedback com o próprio profissional, o setor de recursos humanos pode entender o que tem causado a baixa produtividade.

Pode ser, por exemplo, que o colaborador esteja no cargo errado, talvez ele precise de um treinamento específico para conseguir melhorar sua performance no trabalho, entre outras coisas.

Por isso, é importante que o RH esteja sempre atento aos profissionais e mantenha uma relação próxima de cada um deles, pois os conhecendo melhor é mais fácil de entender o que ele tem passado.

Invista em clima organizacional
Um dos motivos para a baixa produtividade pode ser um ambiente de trabalho ruim. Com isso, os colaboradores se sentem desmotivados com a empresa e sua atividade e, assim, não conseguem realizar bem seu trabalho.

Por isso, invista na criação de um bom clima organizacional, aplique pesquisas para saber a opinião de todos e conseguir entender o que vem acontecendo na empresa. Faça festas, happy hours, dinâmicas ou qualquer outra ação que mantenha os colaboradores próximos e com uma boa convivência.

Estimule pausas
Muitas vezes, as baixas taxas de produtividade podem estar ligadas a trabalho excessivo. Nenhum ser humano consegue trabalhar bem por muitas horas seguidas, chega num certo ponto que a pessoa começa a não conseguir realizar suas atividades da melhor forma.

Por isso, é muito importante estimular horários de almoço e lanches, fazendo que o profissional saia da sua mesa ou do local em que trabalha e vá para outro. Saindo do ambiente, ele conseguirá ter mais energia para voltar ao que estava fazendo. Você pode fazer isso criando ambientes para alimentação, jogos, leitura e descanso em geral.

Horário de trabalho flexível
Oferecer um horário de trabalho flexível também pode ajuda a aumentar a produtividade. Muitos colaboradores às vezes preferem começar a sua rotina mais tarde, outros tem um desempenho melhor nas primeira horas do dia.

Quando a empresa fornece essa flexibilidade de horário as chances dos colaboradores apresentarem uma melhor performance é maior, pois estão de certa forma livres para trabalharem no horário que se sentirem mais confortáveis, evitando desgastes.

Ofereça treinamentos
Muitos profissionais despencam na produtividade por não entenderem algum processo ou por não conseguirem usar determinada ferramenta. Por isso, é importante que o RH identifique as necessidades de treinamentos das equipes. Tendo total controle dos processos e dispositivos que precisa, os colaboradores irão aumentar a sua performance.

Para identificar essas necessidades você pode conversar com os gestores, inserir uma pergunta relacionada a treinamento na pesquisa de clima ou ter um momento de feedback com os colaboradores, os deixando à vontade para solicitarem o treinamento.

Valorize os profissionais
Um colaborador valorizado tende a se sentir cada vez mais engajado e motivado com o seu trabalho e com a empresa. Ele irá procurar se desenvolver para dar o seu melhor na vida profissional e isso gera produtividade.

Por isso, é muito importante valorizar os colaboradores, fazendo com que eles percebam que são remunerados por todo seu esforço. A gratificação não precisa ser só em forma de dinheiro, pode ser uma folga, um presente, um treinamento entre outras coisas.

Quando o RH participa efetivamente da criação de ações para o aumento da produtividade na empresa, o setor mostra que tem um papel não só operacional, mas também estratégico dentro da organização, conseguindo assim ser mais valorizado! Por isso, não deixe de colocar as dicas em prática e fazer com que seu setor melhore os resultados.