Capacidade produtiva: o que é e como fazer?

Avaliar a própria capacidade produtiva é essencial para que as empresas consigam melhorias em suas atividades até uma expansão de negócios. Os cálculos dessa capacidade permitem identificar gargalos na produção, algo essencial para promover ações nos pontos que mais precisam de atenção.

Existem estratégias que podem ser aplicadas junto aos funcionários para incrementar a produção. Uma análise acurada da situação das máquinas também deve ser realizada.

Neste artigo, vamos explicar como fazer o cálculo da capacidade produtiva e por que esse número é tão importante para as empresas. Vamos ainda sugerir algumas estratégias para aumentar essa capacidade, sem prejudicar o bem-estar dos funcionários nem o desenvolvimento de pessoas. Confira!

O que é capacidade produtiva?

A capacidade produtiva significa a capacidade máxima que a organização pode elaborar em um período, com os recursos que tiver à sua disposição. Essa capacidade pode ser traduzida em quantidade de produtos produzidos.

É preciso ressaltar que produzir mais não é necessariamente o melhor para todas as empresas. Pode ocorrer um excesso de estoque, o que acaba gerando custos. Por isso, as empresas devem alinhar a própria capacidade produtiva à suas demandas específicas.

Em geral, a capacidade produtiva cresce diante de um aumento real nas demandas dos clientes. Também eleva-se diante do crescimento antecipado nessas demandas.

Por que as empresas devem calcular a capacidade produtiva?

Por meio do cálculo da capacidade produtiva, as empresas conseguem melhorar a gestão e aumentar a produtividade dos funcionários. O cálculo da capacidade também ajuda na tomada de decisões mais assertivas. Por meio da identificação de gargalos de produção, evitam-se problemas de excesso ou de falta de estoque.

Outros benefícios de se saber esse número incluem um melhor planejamento financeiro e a definição de metas realistas de produção e vendas. Além disso, a indústria pode fazer o uso mais eficiente de seus materiais, equipamentos e insumos de produção.

De que forma calcular a capacidade produtiva?

As empresas podem empregar alguns métodos a fim de calcular a própria capacidade de produção. A capacidade produtiva instalada é um método hipotético por meio do qual uma empresa determina sua capacidade máxima de produção. Para isso, deve desconsiderar as perdas na produção.

Já o método da capacidade produtiva disponível não leva em conta as perdas, mas considera a capacidade de fato disponível na indústria. Para isso, é preciso considerar os turnos atualmente usados.

Outro cálculo que pode ser aplicado é o da capacidade produtiva efetiva, que leva em conta o planejamento das perdas previsíveis, como as decorrentes de manutenções. Por fim, o cálculo da capacidade produtiva realizada inclui perdas não previstas na capacidade produtiva efetiva, como problemas com operadores.

Em que casos uma empresa deve aumentar sua própria capacidade produtiva?

Pode acontecer que uma empresa tenha alta demanda e se encontre em dificuldades de atender às encomendas. Outra hipótese é quando a empresa nota um crescimento antecipado nessas demandas, ou seja, demandas futuras. Nesse caso, as empresas talvez tenham de elevar sua capacidade de produção.

Como saber se uma empresa opera na capacidade produtiva?

Para isso, os gestores devem dividir a capacidade produtiva disponível pela quantidade do potencial de saída. Vamos tomar como exemplo uma empresa que consegue produzir 100 ventiladores por dia, mas fabrica, de fato, 75 unidades. Essa indústria está utilizando atualmente 75% de sua capacidade produtiva.

De que modo uma empresa deve aumentar a capacidade produtiva?

Existem alguns métodos para incrementar essa capacidade. As empresas devem promover a melhoria dos processos e o aumento da produtividade dos funcionários. Elas precisam também atualizar seus equipamentos e realizar a manutenção das máquinas. Podem ainda abrir novos turnos de trabalho, quando necessário.

Como as empresas conseguem aumentar a produtividade da equipe?

Em primeiro lugar, os gestores devem identificar onde se encontram os chamados gargalos na produção e nos processos. Podem implantar programas que premiem funcionários e equipes de acordo com seus méritos.

Uma ideia é criar um sistema de bônus, por exemplo, incentivando a competição saudável. Contar com a consultoria de empresas especializadas na gestão de pessoal pode contribuir.

Como aliar o aumento da capacidade produtiva ao bem-estar da equipe?

É possível aumentar a capacidade de produção dos funcionários sem afetar o bem-estar das diversas equipes. Os gestores de recursos humanos podem usar estratégias que aumentam ao mesmo tempo dos níveis de satisfação e dos níveis de produtividade.

Treinar a equipe é uma boa forma para incrementar a capacidade produtiva. Pode ser criado um programa de reciclagem com os funcionários. Há treinamentos focados no aumento da produtividade e na gestão melhor do tempo. Treinamentos motivam os colaboradores, que percebem a empresa investindo na formação deles.

O clima organizacional sempre causa algum tipo de impacto na produtividade. Por isso, elaborar ações que melhorem o ambiente de trabalho pode ajudar. A existência de bons equipamentos e de benefícios corporativos e o incentivo à interação da equipe e à cultura do feedback servem de estímulos nesse sentido.

Como a empresa deve atualizar seu maquinário para elevar a capacidade produtiva?

Os gestores precisam avaliar se os equipamentos e as máquinas disponíveis possibilitam produzir mais. Se no mercado há maquinários mais novos que elevam a produção de maneira significativa, a empresa precisa avaliar a possibilidade de adquiri-las.

Uma especial atenção tem de ser dada às máquinas paradas por falta de manutenção. Esse fato pode gerar verdadeiros buracos na capacidade produtiva de uma empresa.

Como reduzir o tempo de produção parado para aumentar a capacidade produtiva?

Um modo de reduzir o tempo de parada é criar um turno de trabalho. Essa estratégia consegue impulsionar a capacidade produtiva. Pode ser empregado por exemplo, um horário noturno.

Os administradores, porém, devem calcular os custos e os possíveis resultados da abertura de novos turnos para analisar se vale a pena. A possibilidade de contratar mais funcionários também deve ser considerada.

Calcular a própria capacidade produtiva é um passo importante que as empresas devem dar para melhorar suas atividades. O conhecimento dessa capacidade também permite o aperfeiçoamento da gestão de recursos humanos. Com as orientações acima, você conseguirá melhorar a capacidade de produção em sua empresa, sem prejudicar o bem-estar dos funcionários.

Como vimos no artigo acima, o bem-estar dos colaboradores é fundamental para aumentar a capacidade produtiva das empresas.