Como conquistar uma oportunidade sem ter experiência na área desejada?

Nas palestras sobre empregabilidade, nos grupos e redes sociais e em meus atendimentos essa pergunta vem se repetindo constantemente, geralmente vinda de jovens estudantes que desejam oportunidade em uma determinada área e que por não ter experiência acabam tendo dificuldades para conquistar a vaga desejada, e também vinda de profissionais mais seniores que desejam fazer uma transição de carreira, e se sentem perdidos sem saber por onde começar.

Pensando sobre isso separei 03 dicas que podem te auxiliar neste processo:

1) Tenha clareza
Ao decidir iniciar um curso de graduação, ou migrar sua área de atuação é fundamental ter clareza,! É importante saber:

Por que você está decidido a traçar esse caminho?
Quais são os desafios e oportunidades que essa área pode te reservar?
Quais são os possíveis obstáculos que você terá pela frente?

Se o seu caso for transição, entender os motivos que te fazem desejar migrar de área e de que forma pode estruturar uma carreira nesta área.

Quando se fala em clareza, o autoconhecimento torna-se fundamental, através dele você terá uma base mais forte, conseguirá compreender quais são teus motivadores pessoais, saber por exemplo:

Quais organizações estão alinhadas com seus propósitos profissionais?
Que cargo você deseja ocupar?
Quais qualificações serão necessárias para ocupar essa posição?

2) Invista em cursos e qualificação profissional
Uma forma de compensar a falta de experiência é manter-se atualizado! Em minhas palestras sobre Empregabilidade sempre reforço: Em um processo seletivo não tem espaço para currículos sem cursos de qualificação, sem atualizações na área desejada, sem cursos extracurriculares.

Um profissional em busca de oportunidade, tem como dever estar por dentro das boas práticas e inovações da área em que deseja atuar!

Essa afirmação pode parecer um pouco dura, mas encaro como sendo meu dever deixá-lo ciente de que você pode estar sendo desclassificado das vagas as quais tem se candidatado por não ter cursos e atualizações específicas, que enriquecem o seu currículo e demostram interesse. Vivemos na era da informação, existem infinitas possibilidade de cursos, palestras, workshops, seminários gratuitos na internet e presenciais, inclusive com emissão de certificados. Sei que nem sempre se tem oportunidade de reservar um valor para investir em cursos mais específicos, mas muitas vezes é uma questão de não priorizar, existem cursos excelentes que oportunizam networking, troca e muita aprendizagem com investimentos bem acessíveis e possibilidade de parcelamento.

Faça uma lista dos cursos de qualificação que deseja realizar e, e que estejam alinhado com seus objetivos profissionais, inicie suas pesquisas. Crie uma programação e uma meta mensal de qualificação! Inicie pelos cursos gratuitos e separe um % dos teus recursos destinando a sua qualificação. Tenha certeza que esse investimento terá retorno garantido!

Para quem é de Porto Alegre-RS e deseja entrar na área de Recursos Humanos, recomendo dar uma olhada no Projeto Evolua-se da RHF Talentos Porto Alegre, esse projeto é focado na qualificação profissional nos subsistemas da Recursos Humanos (R&S, T&D, Gestão de Benefícios e outros) e já tem previsão de expansão para outras áreas, a proposta é uma abordagem prática com turmas reduzidas que possibilitam uma visão real e total interação. Vou deixar o link no final deste post. A RHF Talentos também tem um Programa destinado a quem busca Recolocação Profissional em todas as áreas, o Empregabilidade 4.0, com palestras gratuitas sobre elaboração de currículo, entrevista de emprego, LinkedIn e muitas dicas, acompanhe a agenda através das redes sociais! Já para quem deseja um acompanhamento mais direcionado o Recolocar Talentos, que é um programa de recolocação profissional com atendimentos personalizados baseados na metodologia Coaching.

Em tempos passados ter uma graduação já era considerado suficiente, e te habilitava a conquistar e manter um belo emprego. Os tempos mudaram, a quantidade de informações disponíveis, a necessidade de novas habilidades, a abundante oferta de mão-de-obra, trouxeram a necessidade de qualificação continuada e atualização constante obrigando os profissionais a assumirem o protagonismo de suas carreiras.

3) Não busque um emprego, construa uma carreira
Existe uma grande diferença entre buscar um emprego e construir uma carreira, um emprego pode te sustentar, pagar os boletos e até te proporcionar diversão e lazer. Mas se um dia ele “for embora”, é bem possível que você fique perdido e sem identidade profissional.

A construção de uma carreira exige mais empenho, exige protagonismo, dedicação, ações concretas e ocorre de forma gradativa. Ter consciência de que seu retorno tende a ser proporcional a sua dedicação já é um bom começo! O processo de coaching pode te ajudar a ter o foco necessário nesta jornada, caso não tenha condições de investir neste momento, você pode escolher um mentor, alguém que entenda bastante do teu setor e tope te assessorar.

Você pode potencializar a construção de sua carreira através do posicionamento da sua marca pessoal, estudando sobre a área de atuação desejada por exemplo, construindo um networking consistente, e não estou falando de pedir indicação para vagas! Pense que você pode oferecer, faça um trabalho voluntário, compartilhe artigos, curta e comente as matérias que você achar interessante. No LinkedIn, faça muitas conexões e invista em interação, troque ideias, faça perguntas solicite e dê recomendações. Cuide da sua imagem nas redes sociais, nos grupos de WhatsApp, use essas ferramentas a seu favor!

Espero sinceramente que estas dicas te ajudem! E se me permitir, aí vai minha última dica: Não desista! O processo de transição de carreira e colocação profissional não é fácil eu sei disso, mas trabalhar com o que te faz feliz não tem preço e vai valer cada centímetro de esforço!

Foco + Ação = Resultado

Sim, você pode!

Luisa Gonchoroski - RHF Talentos Unidade Porto Alegre
Gestora de Recursos Humanos, MBA em Gestão Empresarial
Analista Comportamental e Coach de Carreira